Terceira idade ocupa parcela expressiva no mercado de trabalho

O aumento da população idosa no país vem crescendo numa constante e sua representatividade no mercado de trabalho também. O último Censo Demográfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2010, mostrou um aumento dos brasileiros acima de 65 anos na participação relativa da população - 7,4% do total.

Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), também do IBGE, revelam que, a reboque do aumento da expectativa de vida, o percentual de participação dos idosos no mercado de trabalho vem crescendo, passando de 5,9% em 2012 para 7,2% em 2018. Atualmente, são cerca de 7,5 milhões de idosos na força de trabalho.

Fonte: Eu, Rio